70% Das Pessoas Dizem Que Podem Escutar Este Gif Silencioso

70% Das Pessoas Dizem Que Podem Escutar Este Gif Silencioso.

Gifs são animações curtas e silenciosas.

Ao contrário dos vídeos, eles não carregam arquivos de som dentro deles. É por isso que é extremamente estranho que muitas pessoas  afirmem que podem ouvir um GIF.

A internet está em polvorosa por causa da GIF abaixo, que, segundo muitas pessoas, tem som. Faça o teste.

A postagem, feita no Twitter, vem acompanhada da frase “Por que eu consigo ouvir essa GIF?” acompanhada de muitos emojis chorando. Assim como qualquer outro arquivo do gênero, a GIF criada pelo usuário Happy Toast não possui faixa de áudio, então, o que estaria atordoando as pessoas?

A cientista Lisa DeBruine, pesquisadora na Universidade de Glasgow, ficou intrigada com a situação e fez um apelo aos colegas da área de percepção visual que pudessem explicar o fato. Além disso, lançou uma enquete que, até agora, aponta que 70% das pessoas que interagiram com o tweet ouvem um som de batida, somados a outros 3% que dizem escutarem outros sons.

O que está acontecendo?

Essa não é a primeira vez que a questão surge. Outros exemplos de GIF, como essa abaixo, que mostra dois elefantes brincando em uma espécie de gangorra, também já foram alvo da polêmica em relação ao suposto som que as pessoas estariam ouvindo.

Isso tudo tem a ver com nossa percepção do som, que pode ser influenciada por informações visuais. Um fenômeno relacionado – quando o componente auditivo de um som é combinado com o componente visual de outro som, criando a percepção de um terceiro – recebeu o nome de Efeito McGurk e foi descrito pela primeira vez em 1976, em um artigo do psicólogo Harry McGurk publicado na revista “Nature”.

Crédito do Gif : Twitter – Carolyn Dramos Instagram – Somaramos.

[I Fucking Love ScienceNatureScientific American Brasil]

Veja também :

Nova pesquisa sugere que não temos controle sobre nossos pensamentos

Qual é a droga mais perigosa do mundo?

Davson Filipe é Técnico em Eletrônica, WebDesigner e Editor do Realidade Simulada - Blog que ele próprio criou com propósito de divulgar ciência para o mundo. Fascinado pelas maravilhas do universo, sonha em um dia conhecer a Nasa.