A Lenda Maui

Māori é uma cultura oral rica em histórias e lendas. A história da criação Māori descreve a formação do mundo pela separação violenta de Ranginui, o Pai do Céu, e Papatuanuku, a Mãe Terra, por seus filhos. Muitas esculturas e obras de arte Māori retratam graficamente esta luta.

A criação da Nova Zelândia é descrita pela lenda de Maui. Este Deus conseguiu, entre outras coisas, a aproveitar o sol para tornar os dias mais longos. Contudo, a sua maior reivindicação à fama foi ter pescado a Ilha do Norte, que é descrita como “Te Ika a Maui” (o peixe de Maui).

Um olhar sobre um mapa aéreo da Ilha Norte vai mostrar quão perto ela se assemelha a um peixe. Na crença Maori acredita-se que o extremo norte da Ilha como sendo a cauda do peixe e Wellington Harbour a boca.

As Lendas Māori descrevem a Ilha Sul, como a “waka” (canoa) de Maui e Stewart Island (Rakiura) como sua “punga” (âncora).

A Lenda de Maui

A lenda Maui encarna a idéia do Pacifico Sul de um herói, embora não seja um Deus, ele era talentoso, inteligente e andou entre os reinos dos deuses e dos homens. A mitologia Māori e Polinésia inclui numerosas lendas de Maui pescando terras novas, a Ilha Norte da Nova Zelândia foi a maior.

Com a ajuda de seus irmãos, o herói mítico Maui pesca “Te Ika-roa-a-Māui (o grande peixe de Māui) – conhecido como a Ilha norte da Nova Zelândia. Em algumas tradições, sua waka (canoa) tornou-se a Ilha Sul, conhecida como Te Waka a Māui. Em outras, é conhecida como Nukutaimemeha, e é dito que residem no cume de Hikurangi, a montanha ancestral da tribo Ngāti Porou.

Maui é o talentoso, valente, semideus sobrenatural da mitologia, tradição e folclore da Polinésia, responsável pela pesca da Ilha Norte de Aotearoa, nome da Nova Zelândia no idioma Māori. Com poderes sobrenaturais que lhe permitiram superar as façanhas dos homens comuns.

Ele possuía uma mente inquieta e nunca estava satisfeito até receber as respostas às suas perguntas. Um especialista em jogos, quando ele jogou um dardo isso foi mais longe, quando ele empinou uma pipa era a mais alta e quando ele pescava, ele traria para casa cestos cheio enquanto seus irmãos apenas alguns.

Maui adquiriu poderes mágicos e andou entre os reinos dos deuses e dos homens. Ele era um semideus com algumas das limitações da humanidade, mas com habilidades que lhe permitiram ter uma medida de controle sobre as forças da natureza.

Atos sobrenaturais

O natural e o sobrenatural combinam nos mitos de Maui. Depois de um nascimento e educação milagrosos ganhou o carinho de seus pais sobrenaturais, ensinou artes úteis à humanidade, laçou o sol e domesticou o fogo. Maui finalmente encontrou a morte ao tentar matar a deusa da morte, Hine nui-te-po.

Diz a lenda que Maui poderia assumir formas à sua vontade, a favorita era a de kererū ou pombo torcaz. Agora, uma espécie de ave protegida, o kererū faz sua casa em florestas nativas em toda a Nova Zelândia.

Em uma tradição, o lendário malandro Maui se transformou num kererū (pombo-torcaz) para voar atrás de sua mãe. Muitas tradições Maori mostram um relacionamento íntimo e místico entre seres humanos e natureza.

Maui pescador de terras

Há inúmeras lendas Polinésias sobre Maui pescando terras novas, Te Ika a Maui (a Ilha Norte da Nova Zelândia) foi a maior.

Desprezado pelos seus quatro irmãos, Maui seriam deixado para trás quando eles foram pescar. Então, secretamente ele fez um anzol de um osso maxilar ancestral mágico. Então uma noite, ele penetrou na canoa de seus irmãos e se escondeu sob o piso.

Foi quando os irmãos estavam longe da vista da terra, e encheram o fundo de sua canoa com os peixes que Maui se revelou. Então ele tirou o anzol mágico e jogou sobre o lado da canoa recitando encantamentos mágicos.

O gancho foi fundo e mais fundo no mar até que Maui sentiu que o gancho tinha tocado alguma coisa. Ele puxou delicadamente e muito abaixo do gancho pegou rápido e junto com seus irmãos trouxe o peixe para a superfície.

Maui advertiu seus irmãos a esperar até que ele tivesse apaziguado Tangaroa o deus do mar antes de cortar o peixe. Eles cansaram de esperar e começaram a cortar pedaços para si próprios. Estes são agora os muitos vales, montanhas, lagos e costões rochosos da Ilha do Norte.

Há muitos nomes de lugares em toda a Nova Zelândia associados com esta lenda Maui em particular, incluindo a Ilha Sul, que também é conhecida como “Te Waka a Maui” ou a canoa de Maui e Stewart Island ou Rakiura também conhecida como “Te Punga a Maui” ou a âncora de pedra de Maui.

Hoje, a proa esculpida da waka Maui forma as intrincadas vias navegáveis de Marlborough Sounds. “Pou” (mensagens esculpidas) perto de Waikawa se apresentam como protetores na proa da grande canoa.

Em torno da base das encostas cobertas de floresta, as águas límpidas e enseadas de areia dos fiordes oferecem um cenário poético para caiaque, canoagem, caminhadas e mountain bike.

A mais nova terra e as mais antigas lendas

A história Maui é dita que contém um grande número de mitos únicos e antigos, mais antigos do que os de qualquer outro personagem lendário da mitologia de qualquer nação. Há cerca de 20 lendas Maui ao todo.

As lendas Maui não são só diferentes de qualquer outro país, elas também são únicas no caráter das ações registradas.

Maui pelo pacífico

Aotearoa, Nova Zelândia é um dos três centros das lendas Maui, os outros são Hawaii e Tahiti. Maui também aparece no folclore de Tonga, Fiji, Samoa e Tokelau, bem como em muitas outras ilhas do Pacífico Sul. Apesar da dispersão geográfica, as histórias continuam a ser essencialmente as mesmas hoje.

Fonte:

http://www.estudenovazelandia.com.br/cultura/maui-as-lendas-maori-da-nova-zelandia/

Todas  as imagens desta página foi utilizada apenas para ilustrar o post , as mesmas pertencem ao seu legítimo proprietário, por direito.

Davson Filipe é Técnico em Eletrônica, WebDesigner e Editor do Realidade Simulada – Blog que ele próprio criou com propósito de divulgar ciência para o mundo. Fascinado pelas maravilhas do universo, sonha em um dia conhecer a Nasa.