As 5 melhores fotos da Sonda Cassini

Aqui estão as 5 melhores fotos de todos os tempos da sonda Cassini que você não pode deixar de ver :

Lançada em 1997, a sonda Cassini passou 13 anos explorando o sistema de Saturno.

Mas, no dia 15 de setembro de 2017, a espaçonave foi desintegrada ao mergulhar, em altíssima velocidade, na atmosfera de Saturno. Segundo a Nasa, a agência espacial americana, o objetivo da destruição foi evitar que ela contaminasse as luas de Titã e Encélados, que podem abrigar vida.

Assim, a nave se desmaterializou e fez parte do planeta que tem estudado desde 2004.

O Dia em que a Terra sorriu

As 5 melhores fotos da Sonda Cassini
NASA/JPL-Caltech/Space Science Institute

Uma imagem tirada pela sonda Cassini mostra a Terra vista entre os anéis de Saturno, e o resultado, divulgado no último final de semana pela Nasa, impressiona. Nosso “grande” planeta azul, que é o quinto maior do sistema solar, aparece como uma pequena e brilhante esfera bem longe no espaço – mais precisamente, a 1,4 bilhão de quilômetros do ponto em que a foto foi tirada.

A foto acima é ainda mais incrível porque foi tirada com uma câmera dos anos 1990, nem de perto tão sofisticada quanto os instrumentos ópticos atuais.

Saturno no verão

As 5 melhores fotos da Sonda Cassini
NASA/JPL-Caltech/Space Science Institute

Saturno está muito mais distante do sol do que a Terra e leva muito mais tempo para completar uma órbita do que nós. Um dos anos de Saturno leva 30 dos anos da Terra, o que também significa longas temporadas. Uma temporada em Saturno dura mais de 7 anos.

Isso significa que Cassini conseguiu observar o turno das estações. Esta imagem foi tirada em 2016, quando Saturno se mudou para seu solstício em maio de 2017. O hemisfério norte, retratado aqui na luz do sol, está no solstício de verão, o hemisfério sul no inverno.

Essas estações têm efeito sobre o clima de Saturno, e Cassini conseguiu observá-lo em detalhes.

Aurora em Saturno

As 5 melhores fotos da Sonda Cassini
NASA/JPL/University of Arizona/University of Leicester

A imagem acima foi divulgada em 2010 e trata-se de uma imagem colorida artificialmente (com “cores falsas”, ou seja, não correspondem a realidade e servem apenas para realçar o fenômeno).

Apesar de ter sido divulgada para a imprensa em 2010, a imagem é de 2008 e foi feita combinando 65 observações individuais, cada uma com duração de 6 minutos.

Dessa forma, foi possível realçar o fenômeno. Na imagem, é possível ver apenas a Aurora Austral (no pólo Sul). O curioso da imagem da Cassini é que ela foi feita a partir de observações que usaram um sensor infra-vermelho. Ou seja, as auroras saturnianas não são “visíveis” apenas no ultra-violeta.

Os pesquisadores descobriram que as auroras em Saturno ocorrem de forma semelhante à forma como ocorrem na Terra – a magnetosfera do planeta canaliza as partículas do vento solar para os pólos, onde interage com o plasma na atmosfera superior para causar um show de luz.

Mas eles também descobriram que as luas de Saturno também podem desempenhar um papel, causando ondas eletromagnéticas quando se movem através da magnetosfera de Saturno.

Saturno é Espetacular

As 5 melhores fotos da Sonda Cassini
NASA/JPL/Space Science Institute

Se a Terra estiver entre Saturno e o Sol, nunca seremos capazes de ver o lado noturno do planeta anelado através de um telescópio. A única maneira que temos atualmente é através de imagens tiradas por naves espaciais.

Embora esta imagem seja absolutamente deslumbrante, isso nos dá tanta informação valiosa. Quando Saturno e seus anéis são iluminados por trás, os pesquisadores podem ver detalhes nos anéis que eles não conseguem ver do outro lado.

Eles foram capazes de detectar diferenças de cores que não tinham visto antes. Além disso, durante este período de observação em 2006, Cassini encontrou dois novos anéis que não conhecemos antes – o anel Janus / Epimetheus e o anel Pallene.

Tempestade Gigante

As 5 melhores fotos da Sonda Cassini
NASA/JPL/Space Science Institute

Não se sabia muito sobre esta tempestade até a mudança das estações durante a missão da Cassini, quando o pólo norte finalmente estava ao sol. Esta imagem, em cor falsa, foi uma das primeiras tomadas da região, em 27 de novembro de 2012.

A cor vermelha indica nuvens de altitude mais baixas, e o verde indica maior. Você pode ver uma foto em preto e branco da região aqui – sem olhar turbulento.

[Science Alert]

Leia também :

Davson Filipe é Técnico em Eletrônica, WebDesigner e Editor do Realidade Simulada – Blog que ele próprio criou com propósito de divulgar ciência para o mundo. Fascinado pelas maravilhas do universo, sonha em um dia conhecer a Nasa.

  • Freddy Ragy

    A foto da Terra tirada entre Saturno e seu anel interior pode ñ ssr espetacular, mas é a mais fantástica, comparável à da pegada do primeiro Homem a chegar na Lua!

  • Marcio Melo

    E tome Photoshop.