Júpiter agora tem 69 luas conhecidas

jupiter-agora-tem-69-luas

Astrônomo descobre duas novas luas em Júpiter

Como se o gigante gasoso não fosse suficientemente impressionante, a lista já longa de lua de Júpiter acabou de crescer para 69.

Enquanto estava à procura do Planeta X, o cientista da equipe DTM Scott Sheppard, junto com David Tholen da Universidade do Havaí e Chadwick Trujillo da Universidade do Norte do Arizona, decidiram apontar seus telescópios para Júpiter. A partir daí, a equipe poderia estudar Júpiter no primeiro plano enquanto continuava sua busca pelo Planeta X em segundo plano.

As duas novas luas foram batizadas como S/2016 J1 e S/2017 J1. Elas foram observadas em março de 2016 e março de 2017, respectivamente, mas anunciadas apenas neste mês após observações de comparação. Pela luminosidade refletida, os astrônomos estimam que esses corpos tenham entre um e dois quilômetros de diâmetro.

O S/2016 J1 foi observado no dia 8 de março do ano passado, no observatório Las Campanas, no Chile, e teve a órbita confirmada há seis semanas por um observatório em Mauna Kea, no Havaí. O satélite está a cerca de 20,6 milhões de quilômetros de Júpiter e sua órbita duras 1,65 ano.

jupiter-agora-tem-69-luas
Imagem mostra o satélite S/2017 J1 – DIVULGAÇÃO/Scott Sheppard

á o S/2017 J1 foi identificado no dia 23 de março deste ano, no observatório Cerro Tololo, também no Chile, e confirmado por dados coletados em Mauna Kea. A distância para Júpiter é de 23,5 milhões de quilômetros, com órbita de 2,01 anos.

O que chama atenção nesses satélites, e em outros descobertos anteriormente, é que a maioria desses pequenos corpos apresentam órbitas retrógradas, na direção oposta à rotação do planeta, e com inclinação maior de 90 graus. Essas órbitas distantes e irregulares sugerem que esses corpos foram formados em outra região do Sistema Solar exterior e capturados por Júpiter.

“É provável que encontremos mais algumas novas luas nas nossas observações de 2017, mas precisamos reobservar em 2018 para determinar quais descobertas são novas e quais são de luas perdidas”, afirmou o astrônomo.

 

Referências : 

 

Davson Filipe é Técnico em Eletrônica, WebDesigner e Editor do Realidade Simulada – Blog que ele próprio criou com propósito de divulgar ciência para o mundo. Fascinado pelas maravilhas do universo, sonha em um dia conhecer a Nasa.