Origem do Cachorro-Quente

Quem criou a primeira sanduíche de pão com uma salsicha no meio é algo impossível de se conseguir determinar. Por isso vamos falar das suas versões mais aceitas.

Existem três teorias sobre o surgimento desse peculiar sanduíche :

1 A mais conhecida é a de um açougueiro de Frankfurt, na Alemanha. Em 1852, ele resolveu batizar as salsichas que fabricava com o nome da raça de seu cachorro: Dachshund.

2 Um imigrante alemão, Charles Feltman, levou essa salsicha para os Estados Unidos em 1880. Lá, criou um sanduíche quente com pão, salsicha e molhos.

3 Em 1904, na cidade americana de St. Louis, o alemão Anton Feuchtwanger vendia salsichas quentes durante uma exposição e para evitar que os seus clientes queimassem as mãos, servia as salsichas e fornecia uma luva para eles usarem. O problema é que muitos dos clientes acabavam por não devolver as luvas, o que lhe começou a dar prejuízo no seu negócio. Pensando numa forma de resolver o problema, lembrou-se de falar com o seu cunhado, que era padeiro, e juntos chegaram à fabricação dos pães compridos à medida das salsichas. Estava assim inventado o “formato” do nosso cachorro-quente.

Já o famoso nome “Hot-Dog”, usado internacionalmente e que deu origem ao termo “cachorro-quente”, em português, teve uma origem curiosa.

Decorria o ano de 1906 e o americano Harry Mozley Stevens vivia das vendas de alimentos que fazia nos estádios de futebol. Em Abril desse ano estava a trabalhar no estádio dos New York Giants mas como o dia estava especialmente frio não conseguia vender os sorvetes e os refrigerantes que tinha disponíveis. A ver o dia a ser fraco nas vendas, teve a ideia de mandar os seus empregados comprar  todas as salsichas e pães que encontrassem. Depois usou tanques portáteis com água quente para manter as salsichas bem quentes e passado uma hora já andavam pelo meio do público a vender pão com salsichas, usando o slogan: “They´re red hot! Get your dachshund sausages while they´re red hot!!” – (“Estão bem quentes! Compre as suas salsichas dachshund enquanto estão bem quentes!!”)

O sucesso nesse dia foi total mas o nome “dachshund sausages” era algo quase impossível de perceber. Eis quando o caricaturista Thomas Aloysius Dorgan, mais conhecido como TAD, viu o pão com salsicha e achou que aquilo merecia um nome mais sonante e até um desenho que o identificasse.

Foi da sua criatividade que nasceu o desenho de um simpático dachshund, (pequeno cão com pernas curtas e corpo comprido, parecido com uma salsicha), a ladrar alegremente no meio de um pão. Olhando para o seu desenho e lembrando-se do slogan usado por Stevens, decidiu baptiza-lo de “Hot-Dog”. O desenho foi um enorme sucesso e assim nasceu o cachorro-quente.

Fonte :

http://origemdascoisas.com

Todas as imagens desta página foram utilizadas apenas para ilustrar o post, as mesmas pertencem ao(s) seu(s) legítimo(s) proprietário(s), por direito.

 

 

 

 

Davson Filipe é Técnico em Eletrônica, WebDesigner e Editor do Realidade Simulada – Blog que ele próprio criou com propósito de divulgar ciência para o mundo. Fascinado pelas maravilhas do universo, sonha em um dia conhecer a Nasa.